sexta-feira, 1 de maio de 2015

Red Light District - Amsterdam

Famoso bairro da luz vermelha (ou distrito por assim dizer), no centro da cidade de Amsterdam no Reino dos Países Baixos (Holanda), região onde a prostituição é legalizada que atrai inúmeros turistas e outros mais. Sim, é uma região turística, por incrível que pareça (com direito a igreja e Museus na região) e próximo da estação central e do palácio real. Mesmo um turista perdido no centro, acaba chegando neste bairro.





Bem, pelo mapa, podemos ver que existe uma igreja na região. Inicialmente era uma igreja católia, hoje é uma igreja protestante. Assim como a existência de museus, a maioria relacionada ao sexo.


Há os famosos CoffeShop, locais onde se pode consumir pequenas quantidades de maconha. Há um controle sobre a venda e consumo de drogas. 


E claro as famosas moças que trabalham na região. Já avisando, não se pode fotografar diretamente as moças e estas fotos, peguei pela internet. O motivo? Muitas delas escondem da família sua verdadeira profissão e a grande maioria composta de estrangeiras. E pode ser um trabalho ocasional de fim de semana (conforme minha amiga explicou), os quartos/vitrines são alugados por hora/dia. Então nem sempre quem você viu em uma vitrine, estará lá no outro dia. 


E confesso, é uma atração turística à parte, com uma diversidade e opções que eu nem fazia idéia. 
Desde mais comportadinhas, à fetiches, provocantes, loiras, morenas, negras, asiáticas, eslavas, latinas, ruivas, esqueléticas, gordinhas etc. E funciona 24h (claro que sempre mudando quem está na vitrine).

Na região também tem casas de strip teaser, sexshop, hotéis, restaurantes e residências. Ou você esperava que a região fosse só sexo e drogas? Ela também é atravessada por canais e é muito comum você ver barcos passando por eles.


E se alguém ficou curioso quanto ao serviço, saiba que tudo é tabelado. 50 euros para o básico e qualquer outra coisa que queria mais 50 euros para cada serviço ou fantasia. 

P.S.: Algo que eu não sabia, é que em outras cidades holandesas, também tem seu distrito da luz vermelha. 

2 comentários:

  1. Que coisa. Enquanto lia o texto sim, eu imaginei que seria só sexo e drogas. Rsrsrs...

    ResponderExcluir